17/10/2021 às 15:19 Artigos

Marketing de Conteúdo em Vídeo: entenda esta febre

282
4min de leitura

Uma das grandes tendências do empreendedorismo e do marketing atualmente é o Marketing de Conteúdo em Vídeo. Aqui, não estamos falando dos formatos tradicionais de produção audiovisual, como Vídeos Institucionais, Vídeos Explicativos ou propagandas de TV, mas conteúdo sobre o seu negócio ou que interessa seu público, para gerar presença na rede, percepção de autoridade e aumento nas vendas.

Se você ainda não investe neste tipo de estratégia, atenção, pode estar dormindo no ponto e comprometendo o futuro do seu negócio.

Leia até o final para entender mais sobre esta tendência e como aplicá-la em sua empresa.

Vantagens do Marketing de Conteúdo em Vídeo

Todo Marketing de Conteúdo, seja em vídeo, textos ou imagens estátcas, busca alguns objetivos básicos:

1) Gerar tráfego para o website da empresa, posicionando-se em mecanismos de busca de forma orgânica e construir presença em redes sociais;

2) Atingir novos públicos, assim como sua atual rede de contatos, com conteúdos relevantes sobre o seu negócio, incluindo produtos, serviços, tutoriais, reviews, entre muitas possibilidades, colocando-se em evidência no mercado;

3) Tornar-se referência e autoridade em seu segmento, o que aumenta o valor percebido dos seus produtos e serviços;

4) Transformar seu público em clientes, de forma orgânica, em escala e com custos de aquisição cada vez menores de aquisição.

Produzir conteúdos relevantes e aparecer nas buscas orgânicas parece um caminho de implantação longo, e é. Porém, há uma vantagem contundente:

Em anúncios pagos, como o Google Ads, está alugando esse espaço. Se parar de pagar, o resultado também para, e se quiser aumentar o resultado, terá que pagar mais.

Já no Marketing de Conteúdo, quando se posiciona nas buscas orgânicas, este é um ativo, pois mesmo que pare de produzir conteúdo, os conteúdos já feitos continuam sendo seus e permanecem trazendo resultados.

Sendo assim, com um investimento constante em conteúdo, tem um resultado crescente e em escala, pois soma os novos conteúdos aos anteriores.

Em outras palavras, pode não ser tão simples implantar uma estratégia de conteúdo, mas o prêmio é alto. Além disso, justamente pelas dificuldades de implantação, há segmentos de mercado com um verdadeiro mar azul para empresas que quiserem aproveitar esta oportunidade.

A grande questão é: quem irá se posicionar em primeiro orgânico no Google, você ou algum dos seus concorrentes?

Por que conteúdo em vídeo e não texto?

Marketeiros de todo mundo já perceberem que vídeos trazem resultados melhores, mais rápidos e mais sólidos do que textos, o que é bem demonstrado em estatísticas.

Por exemplo, há 53 vezes mais chance de os vídeos aparecerem na primeira página de uma busca e possuem taxa de cliques 41% maior. Após assistirem a um vídeo, há 70% de chance de as pessoas se lembrarem do site da empresa. A chance de clicarem em um e-mail que possua vídeo é quase duas vezes maior. Para ver outras estatísticas como estas, veja esta postagem aqui.

Assim, há três razões principais para usar conteúdo em vídeo, ao invés de texto:

I) Conseguir resultados mais rápidos;

II) Tirar a diferença em segmentos com concorrência em textos;

III) Solidificar posições que já sejam favoráveis.

Outros fatores para o crescimento do Marketing de Conteúdo em Vídeo são de conjuntura, como o crescimento do uso de dispositivos móveis, o qual favorece conteúdos em vídeo, e um relativo barateamento de equipamentos e produção na área audiovisual.

Como começar a usar Vídeo Marketing

Muitos oscilam entre a noção de que produzir vídeos é algo extremamente complexo, portanto desaconselhável, ou talvez que seja tão fácil que dê pra fazer com um celular.

Na grande maioria dos casos, não se trata de nenhum dos dois extremos.

Há situações específicas em que internalizar a produção de vídeos seja uma boa opção.

Normalmente fazer vídeos é uma especialização por si só, e tentar internalizar vai apenas tirar o foco do seu negócio principal, além de você não ter qualquer segurança de que está fazendo do jeito certo.

Assim, o primeiro passo para uma estratégia efetiva de vídeos é encontrar uma produtora de vídeo especializada que vai auxiliá-lo no processo. Como sempre explicamos, esta é talvez a etapa mais importante do projeto, então é interessante tomar alguns cuidados para não cair em uma roubada.

Correndo contra o tempo (e a concorrência)

Atualmente há uma espécie de corrida entre concorrentes de diversos setores, sejam pequenos ou grandes players, para fincar a bandeira na anunciada era do Marketing de Conteúdo.

Há uma razão para este senso de urgência. Como falado lá em cima, o marketing de conteúdo escala com o tempo, isso significa que quanto mais você demora para investir, mais terá que investir para alcançar a concorrência no futuro. Se demorar demais, poderá estar de fato comprometendo o futuro do seu negócio. Não fique de fora!

Fonte: www.matildefilmes.com.br


17 Out 2021

Marketing de Conteúdo em Vídeo: entenda esta febre

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Quem viu também curtiu

17 de Out de 2021

5 dicas infalíveis para produzir conteúdos audiovisuais!

17 de Out de 2021

Você sabe a diferença entre um Videomaker e Filmmaker? Conheça!

17 de Out de 2021

Vídeo Institucional, ter ou não ter?

Logo do Whatsapp